Pedagógico


Processos de articulação institucional com a família e a comunidade

A educação de um sujeito é um todo e é dessa forma que o processo educativo precisa ocorrer. A parceria com a família se torna imprescindível quando pretendemos a formação integral. Assim, a família participa de todo o processo da escola.

 

GRANDES EVENTOS

Os eventos promovidos pela Escola da Ilha Novo Mundo têm a participação dos pais desde as sugestões de atividades, solicitadas via circular, até a avaliação escrita feita imediatamente após o evento. Atualmente, a escola realiza alguns grandes eventos:

 

Exposição de Projetos: Essa é uma das formas encontrada pela escola em, propiciar a integração da família na vida escolar de seus filhos, de forma que vivenciam o resultado de parcela do trabalho desenvolvido pelos alunos, resultante do projeto da escola. Os alunos assumem o protagonismo do trabalho, sendo eles os expositores para os visitantes.

Alunos e professores selecionam atividades, fotos, portifólios e outros registros daquilo que consideram mais relevante na produção do ano. Essa seleção é exposta e apresentada a toda comunidade escolar na “Exposição de Projetos”, que acontece no mês de setembro.

Dia da Família: A escola, historicamente, preocupa-se com o incentivo ao consumismo que se acentua nas datas comemorativas, tais como: dia dos pais e das mães. Também está ciente das novas organizações familiares que não podem deixar de ser consideradas no espaço da escola. Esse evento tem por objetivo promover uma maior integração e convivência entre pais e filhos e, também, entre as diversas famílias de nossa comunidade escolar. Para esse dia, planejamos diversas oficinas, jogos e brincadeiras e solicitamos que todos compareçam com roupas confortáveis para que possam participar das atividades, dentre elas, diversas atividades esportivas, incluindo rapel nas árvores, stand-up, além de atividades artísticas. Realizamos também o lanche compartilhado, por entendermos que este dia também proporciona momento de integração. É um dia de muita animação e, para favorecer a presença de todos, esse evento ocorre em um sábado.

Semana de Arte e Cultura: Rompendo com a tendência ao consumismo sempre presente no “Dia da Criança” e entendendo que a escola deve ser sempre um espaço tempo de aprendizagem, entende-se que o melhor “presente” a oferecer aos alunos nessa ocasião é uma imersão na arte e cultura. No mês de outubro realiza-se a “Semana de Arte e Cultura” que conta com a “feira de livros” e as mais diversas atividades ligadas a arte e cultura (apresentações, teatrais, musicais de dança e tantas outras). Essa é uma ação de grande interesse dos alunos, na qual a criatividade se apresenta de forma singular, representando o universo dos alunos. Há apresentação de talentos, sendo que, além dos alunos, seus familiares são convidados para performances, e assim, fazem parte efetiva desse projeto.

Congresso de Pais: Esse evento representa um rico momento de discussão e reflexão a respeito de um tema que seja relevante para a comunidade escolar. O congresso de pais ocorre sempre com a presença de um palestrante convidado que seja referência no tema em discussão. A temática escolhida pode ser indicada pela escola ou sugerida pelos pais, mas sempre está voltada para o interesse do momento.

Grupo Valores”: esse é um projeto de parceria com a comunidade implantado em 2004. O “Grupo Valores” surgiu a partir da certeza de que a escola também deve ser lugar de trabalhar valores. Durante reuniões, encontros e congressos de pais sempre ficava clara a necessidade de continuar a discussão sobre o tema. Assim, surgiu o “Grupo de Valores” ou “Comunidade Ilha Resgatando Valores”. Ao grupo, aberto a pais, professores, gestores e toda comunidade escolar, é proposto reuniões periódicas, e elegeu como foco principal a discussão e implementação dos valores: Autonomia, Cooperação, Diversidade e Trabalho.

Festa Junina: De acordo com os historiadores, a Festa Junina” veio para o Brasil com os portugueses, durante o período colonial. Nessa época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifícios veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da Península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.

Todos esses elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas. Para manter viva essa riqueza cultural, planejamos e efetivamos a “Festa Junina”, que sempre conta com a presença de toda a comunidade escolar: pais, tios, avós de alunos, funcionários, ex-alunos e seus familiares, que fazem questão de participar. É uma linda confraternização em torno de uma rica manifestação da cultura brasileira.

Olimpiadas de integração: Essa é uma atividade curricular, com caráter avaliativo, realizado com as turmas de 5º ao 9º ano. Tem como principais objetivos:

-Trabalhar os valores: cooperação, autonomia e integração;

-Desenvolver a prática dos jogos de regras e das modalidades desportivas;

-Desenvolver a comunicação oral, escrita e artística;

– Iniciar as atividades do 5º ano junto aos alunos do 6º ao 9º ano.

Ocorre sempre no período da manhã, sendo que a abertura é em um sábado, para garantir a participação dos pais, quando o espírito de participação e não de competição se reafirma na abertura. Os pais participam de atividades integradas, no dia da abertura, além do lanche coletivo, a ser partilhado com todas as famílias. Como parte das tarefas para os alunos, há doação de itens para entidades assistenciais. As equipes são caracterizadas de acordo com o tema definido pelos alunos, e sempre há a produção da arte que estampa as camisas, por um aluno.

 

RELAÇÕES E PARCERIAS COM A COMUNIDADE LOCAL, REGIONAL E NACIONAL

 

Sempre fiel e coerente com sua proposta de trabalho a Escola da Ilha Novo Mundo entende que a aprendizagem significativa se efetiva quando está intimamente relacionada com o mundo. Os saberes escolares partem da realidade social e a eles são direcionados. O saber estanque e descontextualizado é efêmero. É a relação do saber com o mundo que dá sentido e significado a ele. Assim buscamos as mais diversas parcerias:

 

Pesquisa de Campo/Visita de Estudo:

Com objetivo de dar significado aos conteúdos das séries ou contextualizado aos projetos, são realizadas regularmente pesquisas de campo. A parceria se estabelece desde o planejamento até a avaliação da visita. Algumas parcerias estabelecidas: Projeto Tamar (Linhares), Planetário da UFES, Reserva Ecológica da Vale (Linhares), Parque Botânico da Vale, Reserva Estadual do Morro da Fonte Grande, Cidade de Paraty (RJ), Usina Termo Nuclear de Angra(RJ), Resort Pedagógico do Sítio do Carroção(SP), 38º Batalhão de Infantaria, Biblioteca Pública Estadual, Museu da Vale, MAES( Museu de Arte do Espírito Santo) e outros.

Projeto Cidadania e Construção do Saber Político:

Parceria com a Câmara de Vereadores de Vitória, Centro Comunitário da Praia do Canto e Assembleia Legislativa.

Projeto Voluntariado:

Parceria com o CAOCA (Centro de Atendimento e Orientação à Criança e ao Adolescente) e CCV (Centro Capixaba de Voluntariado).

Projeto o Jornal na Escola:

Parceria com a Rede Tribuna de Comunicação.

Projeto Coleta Seletiva de Lixo:

Parceria com a PMV (Prefeitura Municipal de Vitória).